The Art Of

Concept Art em The Witcher III

Hoje estou aqui para falar sobre concept art em The Witcher 3: The Wild Hunt.

“Mas esse jogo foi lançado em 2015!”

Eu sei, eu sei… Calma lá, gente.

A partir de hoje nós faremos uma série de postagens sobre os nossos jogos favoritos (e os seus também :D), mas ok, o que vocês ainda têm para saber sobre um jogo que foi lançado há mais de um ano?

Sabem aqueles concepts que olhamos, ficamos babando e pensando “como essa galera pensou nisso”? Ou quando estamos jogando e vai surgindo aquele ânimo de “é para isso mesmo que eu quero modelar!“?

Então, todos nós sentimos isso, e é sobre isso que quero conversar: especificamente, a arte dos games, meus amigos, pra conhecer um pouco mais sobre o trabalho de cada artista que trabalhou nesses jogos incríveis.

The Witcher 3: The Wild Hunt, é um game desenvolvido pela Cd Projekt Red, lançado em maio de 2015 para todas as plataformas. O sucesso do jogo é indiscutível, uma vez que vendeu mais de 1,5 milhões de cópias somente na pré-venda, 4 milhões de cópias nas duas primeiras semanas e chegou ao recorde de 10 milhões de cópias vendidas depois de quase um ano.

A Cd Projekt Red com certeza tem muuuito a agradecer à série The Witcher, já que conquistou seu sucesso através dela. No decorrer da sua história, uma de suas apostas foi a compra dos direitos da série, que teve resultados impressionantes desde o primeiro jogo, caminhando até The Witcher 3 – que já papou mais de 200 prêmios (sim, duzentos).

Para você que conhece apenas a série de jogos, The Witcher (Wiedźmin, em polonês), é originalmente uma série de livros do autor Andrzej Sapkowski,publicada na década de 90 e muito bem recebida na Polônia e, posteriormente, em todo o mundo. Além dos jogos, o Bruxeiro possui uma lista bem completa de adaptações, todas essas muito bem sucedidas, assim como os livros e os jogos. As outras mídias em que vocês podem encontrar e acompanhar Geralt de Rívia são nas histórias em quadrinhos, no seu próprio RPG de mesa, jogo de cartas e jogo de tabuleiro. Em 2001 e 2002, respectivamente, a série foi adaptada para o cinema e para uma série de televisão.

Falando de arte

É claro que, pra um jogo do tamanho de Wild Hunt, foi necessário um exército, digo, uma grande equipe para produzi-lo, então é um pouco inviável falar sobre o trabalho de todos aqui, né? Portanto, vamos conferir as equipes principais que participaram do desenvolvimento.

Encarregados dos concept arts do jogo nós temos três nomes – são eles:

Jan Marek

Monica Zawistowska

Marek Madej

Jan Marek se formou em arte por uma das maiores universidades da Polônia, a universidade Marie Curie Sklodowska, em Lublin. Começou a trabalhar com a Fabryka Słów, uma editora polonesa com foco em fantasia, para posteriormente se juntar a Cd Projekt Red em 2008.

O trabalho de Jan pode ser definido como simples, mas não em um sentido pejorativo. Marek consegue ser extremamente objetivo em seus concepts, e, mesmo sem níveis e mais níveis de detalhes, ele consegue definir quem são e como são as criaturas e pessoas que povoam o universo de The Witcher.

Concept Art em The Witcher 3
Concept Art the witcher 3
Concept Art the witcher 3

Outra característica muito valiosa em seu trabalho é pensar em personagens condizentes ao mundo em que estão. Por exemplo: os humanos, em seu trabalho para o jogo, até mesmo os protagonistas, não são aqueles personagens limpinhos, intocados e em sua melhor forma: eles refletem a dureza do mundo em que vivem, ostentam sujeira, cicatrizes e tudo que a vida ali podem lhes proporcionar.

Concept Art the witcher 3
Concept Art the witcher 3
Concept Art the witcher 3

Monica Zawistowska é uma concept artist polonesa que está a trabalho da Cd Projekt Red também desde 2008, quando entrou na empresa para fazer parte do The Witcher 2. Para os que acham que ser artista digital já é difícil, Monica não se dedicou exclusivamente à pintura: essa monstra também tem diploma em arquitetura e engenharia civil pela universidade de Warsaw.

Ambientes, cenários e cidades precisam ser criativos e fazer você se perder em seus detalhes (de um jeito bom), mas o diferencial dessa artista é fazer seus cenários terem tanta personalidade quanto um personagem do jogo, fazendo com que as pinturas te façam acreditar que existe uma história muito rica em cada ambiente. Dá uma conferida nesses environments da Monica.

Concept Art the witcher 3
Concept Art the witcher 3
Concept Art the witcher 3
Concept Art the witcher 3
Concept Art the witcher 3

Marek Madej entrou para a Cd Projekt Red em 2012, mas está na estrada como concept artist desde meados de 2007, e passou por várias empresas de prestígio participando de grandes projetos. Madej teve seu trabalho inserido em muitas mídias, como RPGs, card games, board games, capas de livros e no cinema, além dos videogames, é claro.

O trabalho de Marek tem uma particularidade muito interessante: o artista tem preferência por experimentar coisas novas, portanto ele não possui uma constante em sua produção. Mas quero deixar uma observação quanto ao seus designs de criatura e o clima de suas cenas, confira.

Concept Art the witcher 3
Concept Art the witcher 3
Concept Art the witcher 3
Concept Art the witcher 3
Concept Art the witcher 3

 

 

O que vocês acharam do trabalho dessa galera?

Nos mandem suas opiniões e sugestões de mais jogos, filmes e animações!

Link para o portfólio dos artistas:

 

https://www.artstation.com/artist/janekmarek

https://www.artstation.com/artist/monii/albums/5940

https://monikazawistowska.wordpress.com/

https://www.artstation.com/artist/banditpencil

Murilo Stupak desenha e pinta tradicionalmente, não consegue viver sem fazer piada e gosta tanto de hambúrguer quanto de animações. Ah! e cuidado para não falar café três vezes na frente do espelho que ele aparece.

Top