Modo noturno:

Estúdio de Animação Japonês é Alvo de Incêndio Criminoso

18 de julho de 2019

Atualização: Um novo parágrafo foi adicionado ao corpo da matéria, com atualizações (do dia 22/07) do caso.

Aconteceu nesta quinta-feira, 18 de julho, um incêndio no prédio do Kyoto Animation, estúdio de animação japonês responsável por filmes como Koe no Katachi (A Voz do silêncio, no título brasileiro) e K-On! The Movie.

Bombeiros da cidade de Uji (Kyoto) tentando conter as chamas. — Foto: Kyodo / via Reuters

De acordo com a emissora japonesa NHK e a polícia local, o incêndio começou por volta das 10h30 da manhã (horário local de Kyoto – Japão) e foi causado por um homem de 40 anos que, supostamente, espalho um líquido inflamável por dentro do prédio antes de atear o fogo. O motivo do ataque e sua identidade não foram reveladas.

A polícia também informou que o criminoso feriu-se durante a ação e foi levado à um hospital, sob custódia. Até o momento da publicação desta matérias foram 33 mortos confirmados e mais de 10 pessoas feridas gravemente.

Confira imagens do ocorrido:

Kyoto Animation, mais conhecido como KyoAni foi fundado em 1981 por Yoko Hatta e seu marido Hideaki Hatta,e está localizado na cidade de Uji, em Kyoto – Japão. Além de produzir animes, o estúdio trabalha com a criação de personagens e com a publicação de light novels e mangás. Algumas de sus produções tornaram-se obras mundialmente conhecidas, como os animes “Full Metal Panic? Fumoffu”, ” Clannad” e “K-On!“.

Personagens do anime K-On!

Atualização (22/07)

De acordo com o site da revista estadunidense Variety, o número de mortes decorrentes do incêndio criminoso no estúdio do Kyoto Animation subiu para 34, sendo 13 homens e 21 mulheres.

Os motivos que levaram o suspeito a atear fogo no local ainda não estão claros. O acusado segue internado devido aos ferimentos causados durante o ataque e, portanto, não pode ser interrogado. A polícia tem um mandado de prisão para o homem, que já possui uma ficha criminal pelo assalto de uma loja de conveniências anteriormente. Ao que parece, ele tem um histórico de transtornos mentais não especificados.

Com novas informações, atualizaremos a matéria. 

Manuela, 19 anos.

Enquanto eu não sei o que fazer da vida, faço de tudo um pouco.

Top