Dicas de Estudo

Ministério da Cultura lança curso GRATUITO de Games (EAD)!

De olho em um dos maiores e mais lucrativos mercado do mundo, o  Ministério da Cultura em parceria com a Associação Brasileira dos Desenvolvedores de Jogos Digitais (Abragames) e o Núcleo de Estudos em Economia Criativa e da Cultura da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (NECCULT-UFRGS), está lançando cursos de ensino a distância (EAD) gratuito focado na capacitação de mais profissionais na área no Brasil.

O curso introdutório, Setor de games: panoramas, carreiras e oportunidades, pode ser feito tanto por iniciantes quanto por aqueles que já dispõem de informações sobre o mercado de jogos. O conteúdo foi baseado nas palestras realizadas no BIG Festival, (Brazil’s Independent Games Festival), que foram todas gravadas, e, após uma grande curadoria, teve esse conteúdo transformado neste curso. . O curso procura atentar particularmente para as carreiras que são absorvidas por essa indústria, bem como para a interação entre as empresas e as políticas públicas que vêm sendo elaboradas visando à estruturação do mercado.

As inscrições estão previstas para iniciarem nesta quarta-feira (31) e pode ser feitas por meio deste link. Em seguida, basta selecionar o curso da área de games. O primeiro deles é “O setor de games no Brasil: panorama, carreiras e oportunidades”. Os módulos seguintes serão lançados em fevereiro.

O curso 2 – Dicas e desafios para empreendedores – tem três eixos principais. O primeiro trata de financiamento e monetização de games, colocando em perspectiva como arrecadar fundos e, posteriormente, como se tornar financeiramente sustentável. O segundo eixo trata das relações contratuais e com outros atores da indústria (desenvolvedoras, publicadoras) e como criar uma imagem para o estúdio desenvolvedor. O terceiro eixo discute os desafios enfrentados pelos empreendedores do setor e como contorná-los.
O curso 3 – Internacionalização no setor de games – apresenta oportunidades de atuação internacional e a rede de apoio estruturada para ajudar os desenvolvedores nessa nova etapa de negócios. Oferece uma visão geral do processo de internacionalização e mostra como o setor de games pode ser entendido nesse contexto, atentando para o projeto Brazilian Game Developer (BGD) e para as iniciativas da Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimento )(Apex-Brasil) e da Ancine em parceria com a Abragames. Ademais, são discutidas possibilidades de investimento que permitem impulsionar a atuação internacional dos desenvolvedores brasileiros. Também serão apresentadas as características de potenciais mercados para expansão das empresas brasileiras, como a China e a América Latina.

Thais Peixe modela, desenha e ama Netflix. Ela passa boa parte do final de semana cultivando seu vício em desenhos e comendo brigadeiro. Não se engane: ela parece fofa mas faz uma cara que brava que ó.

Top