The Art Of

Narrativas Silenciosas de Ju Loyola

O The Art Of dessa semana é sobre a incrível quadrinista brasileira de narrativas mudas, Ju Loyola!

Juliana Loyola de Paula é paulistana e se formou em designer pela Escola Panamericana de Arte e Design, iniciou sua carreira como freelancer de quadrinhos e ilustrações até que decidiu se lançar em sua produção pessoal. Ju foi diagnosticada com surdez profunda bilateral na infância e essa dificuldade quase a fez desistir de seu sonho.

Loyola conta em entrevista ao site Ladys´Comics que sempre gostava de desenhar e tinha o sonho de fazer quadrinhos, porém pensava que deveria dominar além do desenho também a escrita, que é um grande desafio para ela até os dias atuais, parecendo impossível Loyola acabou desistindo de ser quadrinista, no entanto a chama reacendeu em 2013 quando foi ao evento FIQ, e pensou na possibilidade de fazer HQs de narrativa visual sem texto.

Uma de suas primeiras produções pessoais de sucesso é The Witch Who Loved, totalmente muda, sem uso de falas ou onomatopeias, com essa obra ela foi indicada ao prêmio Silent Manga Audition (premiação para mangas de narrativa muda). Conta a história de um grupo de amigos que se perdem na floresta e um dos jovens se separa do restante e acaba se ferindo, mas é resgatado pela bruxa que vive na floresta, então uma amizade nasce entre os dois, mas há um lado ainda desconhecido.

Além de The Witch Who Loved, estão entre suas publicações Heart Of The True Friend, The Imagination, Maria Lua & Cia – Aventuras de Estrelas, Witch Who Loved 2 – The Origens, Perdida na Floresta.

Ju Loyola Já participou da CCXP 2015 e da Santos Comic Con e ela também estará na CCXP deste ano, que acontece entre os dias 5 e 8 de dezembro no São Paulo Expo.

Descubra mais de seu trabalho:

Siga Ju Loyola em seu instagram e Behance.

Top