Podcast - Sala 1604

#030 – Consoles ainda valem a pena?

Aqui na Revolution temos todos os tipos de jogadores, mas hoje é a vez de falar dos que preferem a velha maneira de se jogar vídeo game: nos consoles. Das locadoras de jogos que construíram muitas infâncias até a era dos malvados DLCs, os consoles das grandes marcas sempre fizeram parte da vida de muitos jogadores. Os impostos sobre videogames no Brasil não tornam fácil a vida desse tipo de gamer nas terras tupiniquins e, por isso, estamos aqui para responder a questão: os consoles ainda valem a pena?
Na Sala 1604 de hoje, Leo Bourscheid, Murilo Stupak, Ramon Moraes e Victor Spadotto compartilham a nostalgia sobre a vida com consoles e discutem a situação atual da geração que cresceu soprando fita. Neste episódio, relembre como era ir até as locadoras para jogar um GTA, entenda por que as pessoas ainda compram consoles mesmo com os valores altos e se divirta em uma disputa saudável entre quem é #teamSony e quem é #teamNintendo!

 

Trilha do episódio:
Kevin MacLeod

These pages/blog/audio may contain copyrighted (© ) material the use of which has not always been specifically authorized by the copyright owner. Such material is made available to advance understanding of ecological, POLITICAL, HUMAN RIGHTS, economic, DEMOCRACY, scientific, MORAL, ETHICAL, and SOCIAL JUSTICE ISSUES, etc. It is believed that this constitutes a ‘fair use’ of any such copyrighted material as provided for in section 107 of the US Copyright Law. In accordance with Title 17 U.S.C. Section 107, this material is distributed without profit to those who have expressed a prior general interest in receiving similar information for research and educational purposes.

LINKS

Sala 1604 – #18 – Existe um excesso de narrativa nos games?

Sala 1604 – #23 – Mobile também é gamer? 

INSCREVER

Murilo Stupak desenha e pinta tradicionalmente, não consegue viver sem fazer piada e gosta tanto de hambúrguer quanto de animações. Ah! e cuidado para não falar café três vezes na frente do espelho que ele aparece.

Top